Pico do Olho D'água - Mairiporã-SP

Uma vista espetacular do ponto mais alto da região de Mairiporã, município há cerca de 40km da capital paulistana e conhecido por "Morro do Juqueri", o Pico do Olho D’água deve seu nome aos líquidos preciosos que brotam em suas encostas serranas.

Com 1180m de altura em relação ao nível do mar, de lá de cima é possível ter uma bela visão 360º das montanhas da região de São Paulo, nessa altura é possível avistar a Pedra Grande de Atibaia que está a cerca de 16km em linha reta, bem como o Morro do Ovo da Pata no Parque Estadual do Juquery, a Pedreira de Mairiporã. 

Pico do Olho Dagua

O lugar tem fácil acesso e se chega tranquilamente de carro por via asfaltada ou pela rota alternativa offroad em estrada de terra batida passando pela comunidade local. Colocando no GPS ou Waze é possível chegar sem grandes dificuldades.

Endereço: 669, Av. Georgetonw, 593, Mairiporã 
Horários: Aberto 24h

Pico Olho d’Água


Fomos na noite de sexta-feira, chegando por volta das 21h no local, no nosso caso optamos por acampar por lá, mas atenção, optamos por passar a noite no local após nos informarmos previamente sobre um grupo que iria acampar neste mesmo final de semana, dessa forma sentimos uma "segurança" maior para passar a noite por lá, então recomendo que caso você queira acampar por lá é preciso cautela por se tratar de um local público e sem controle de segurança. Outro alternativa é pesquisar campings ou hotéis na região para passar a noite caso a opção seja não acampar no próprio local.

A vantagem de se passar a noite no pico é poder admirar a região vista do alto da montanha e também - no inverno - viver a sensação de uma noite dominada pela neblina da madrugada e o frio que beira 0ºC facilmente, vá preparado para uma noite congelante e incrível. 

Pico do Olho d’Água

A melhor época para se visitar o pico é no inverno (entre os meses de junho a agosto), mas isso é só uma opinião pessoal visto que a beleza do amanhecer sob o mar de nuvens é incomparável. 

O nascer do sol é sempre um espetáculo em qualquer época do ano, mas durante o inverno é possível se sentir em outra dimensão com o tapete branco de nuvens que se formam sob a cidade e as montanhas da região, mas o passeio vale também para outras estações já que a energia e a sensação de paz não deixa a desejar. 

Pico Olho d’Água


Como citei acima, chegamos as 21h de uma sexta-feira e fomos embora as 10h de sábado, paramos o carro com o porta malas virado para a paisagem deslumbrante e acertamos na posição ao descobrir que no inverno o sol nasce exatamente ali, um privilégio para poucos. Acertamos em cheio!

O lugar tem uma energia ímpar, aproveitamos a noite para tomar um vinho e curtir uma boa conversa durante toda a madrugada, dormindo apenas algumas horinhas para ter certeza de que as 5:30h estaríamos acordadas para ver o sol aparecer entre as montanhas e assistirmos esse espetáculo maravilhoso da natureza. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário